Technology

Driven by innovation

Conceito funcional dos simuladores Tacx

A roda de inércia

Força de travagem e potência de travagem

Tecnologia Smart

Treine de forma inteligente com um simulador básico

Potência virtual

Controlo dinâmico da potência

Definir a cadência

Conceito funcional do NEO

Sensação de estrada

Tecnologia Plug in/Plug out

Tecnologia dupla

Bidão biodegradável

Conceito funcional dos simuladores Tacx

Todos os simuladores de treino Tacx são magnéticos, em que o efeito de resistência é gerado por ação de um campo magnético. Pode regular com precisão a resistência do simulador conforme entender uma vez que a magnitude deste campo é ajustável. O resultado é uma unidade de resistência extremamente funcional, sem contactos e isenta de manutenção.

O campo magnético é materializado de forma diferente nos vários modelos de unidades de resistência, o que faz com que a funcionalidade e utilização do simulador seja diferente.

Transmissão direta
A bicicleta é colocada no simulador com transmissão direta sem a roda traseira. A resistência é aplicada diretamente ao eixo traseiro. Isto torna o simulador mais realista e fácil de utilizar. Não existem transmissões a causar perdas de potência, o que garante uma pedalada bastante realista e um cálculo preciso da sua velocidade, cadência e potência. Para além disso, não há desgaste nem derrapagem do pneu. A transmissão direta é isenta de manutenção e permite montar a sua bicicleta com facilidade.

Travão motorizado
O travão motorizado é a unidade de resistência mais avançada que existe, proporcionando a pedalada que mais se assemelha à realidade. A resistência é calculada e gerada por um eletromotor. O motor tanto pode servir para refrear (travar) como para acionar a roda ou corrente, o que permite simular uma descida. Não deixa de girar. Tal como acontece ao ar livre, não tem de pedalar. Esta funcionalidade de acionamento em descida permite também uma simulação realista do ponto morto na sua pedalada. Para além disso, o travão motorizado é o que há de mais potente e é capaz de gerar elevada resistência a baixa velocidade. Isto faz com que o travão motorizado seja especialmente indicado para simular subidas íngremes. Em virtude destas características, os simuladores Tacx com travão motorizado são especialmente propícios para treinar etapas de montanha.

Travão motorizado sem fios
Um travão motorizado sem fios é um eletromotor com gerador. Este produz a própria energia a partir da sua pedalada. O simulador utiliza esta energia para comunicar e produzir a resistência que é necessária. Uma vez que o simulador não precisa de uma fonte de alimentação externa, pode colocá-lo onde quiser.

Dado que a potência do simulador é gerada pelos seus movimentos, o simulador não consegue simular uma descida. Se não pedalar, este não consegue produzir energia.

Travão elétrico
Um travão elétrico tem uma fiada de eletrímanes e outra de ímanes fixos com um disco rotativo entre as duas fiadas. A resistência é ajustada automaticamente aumentando ou diminuindo a corrente que passa pelos eletroímanes.

Travão magnético
A resistência é materializada por ímanes permanentes, pelo que os simuladores com travão magnético não precisam de potência elétrica. O Booster apresenta duas fiadas de ímanes, enquanto outros simuladores básicos apresentam uma fiada de ímanes e um disco. O campo magnético aumenta ou diminui mudando a posição dos ímanes, o que é feito manualmente com um manípulo para ajustar a resistência.

O Satori Smart está equipado com uma bateria de longa duração para permitir o estabelecimento de comunicações.

A roda de inércia

Para que a sensação de pedalar seja a mais realista possível, todos os simuladores da Tacx estão equipados com uma roda de inércia. Quando faz ciclismo ao ar livre e deixa de pedalar, a bicicleta não deixa de rolar imediatamente. O mesmo efeito é observado no ponto morto da sua pedalada. A energia cinética que faz com que a bicicleta continue a rolar é simulada pela roda de inércia do simulador. Isto designa-se por momento de inércia ou inércia da massa. Quanto mais pesada for a roda de inércia, maior será o realismo na sensação de pedalar.

Roda de inércia virtual
Os simuladores Tacx estão equipados com uma roda de inércia real ou virtual. A melhor experiência consegue-se com uma simulação exata do peso do ciclista, o que só é possível com uma roda de inércia virtual. Neste caso, o simulador simula a inércia da massa em vez de produzi-la com uma roda de inércia real. Por oposição à roda de inércia real, a roda de inércia virtual pode ajustar a inércia da massa às circunstâncias, como a velocidade, pendente e peso. Por exemplo, quando pedala montanha acima, vai sentir uma pedalada diferente daquela que sente quando rola a alta velocidade numa estrada plana. Assim sendo, a roda de inércia virtual é a melhor solução para lhe proporcionar experiência ciclista ideal.

Os simuladores equipados com uma roda de inércia virtual são os modelos NEO Smart e Genius. O Bushido Smart é uma combinação de roda de inércia real com virtual.

Força de travagem e potência de travagem

A potência de travagem do simulador é o resultado da força de travagem e da inércia da massa do simulador e está dependente da sua velocidade. Por exemplo, um NEO Smart consegue gerar 2200W a 40km/h, enquanto que um Vortex pode debitar até 950W a esta velocidade. Um simulador com grande potência de travagem pode gerar elevadas resistências a baixa velocidade, pelo que consegue simular realisticamente inclinações acentuadas.

Quanto maior for a força de travagem, mais íngreme será a pendente que pode ser simulada a um determinado peso. Por exemplo, o NEO tem uma força de travagem de 250N e pode, assim, simular realisticamente uma pendente até 25% de inclinação a um peso de 75kg. A força de travagem do simulador, expressa em Newtons (N), é definida pela arquitetura estrutural que origina a resistência, como o tipo e quantidade de ímanes. A força de travagem que é exigida para uma simulação fidedigna é definida pelo peso, pendente, resistência ao ar e resistência ao rolamento. Todos estes fatores são levados em consideração na simulação.

A inércia da massa representa a energia que é necessária para colocar a roda de inércia em movimento ou para acelerá-la. Por oposição a uma roda de inércia real, a roda de inércia virtual pode alterar com rigor a inércia da massa às condições, como a velocidade, pendente e peso. Assim, uma roda de inércia virtual é ajustada para simular o peso do ciclista com precisão. Tal resulta num maior realismo da simulação.

Tecnologia Smart

A tecnologia Smart refere-se ao uso de produtos eletrónicos Inteligentes para comunicar. Os simuladores Tacx Smart podem ser ligados a qualquer dispositivo, e a vários deles em simultâneo, uma vez que comunicam por ANT+ e Bluetooth® Smart.

Os simuladores Tacx Smart caracterizam-se pelas seguintes funcionalidades:
1. Comunicação sem fios aberta
2. Cálculo e receção de dados de desempenho
3. Firmware atualizável
4. Treino independente

Comunicação sem fios aberta
A funcionalidade dos simuladores Tacx Smart foi melhorada ao possibilitar a comunicação com o maior número possível de dispositivos e aplicações. Desta forma, vai poder treinar com quase todas as opções de simulação de treino. Isto é materializado utilizando protocolos de comunicação sem fios uniformizados: ANT+ FE-C e Bluetooth Smart aberto.

Protocolo ANT+ FE-C
O protocolo ANT+ FE-C permite aos simuladores Smart comunicarem com software de terceiros em PCs, computadores das bicicleta e relógios desportivos. Os simuladores interativos podem ser controlados pelo software da Tacx ou outros programas informáticos, como o Zwift e o Garmin Edge 520.

Começámos a trabalhar diretamente depois da ANT+ ter lançado o protocolo ANT+ FE-C. O resultado: os nossos simuladores indoor são os primeiros a terem certificação ANT+ FE-C e a usarem a nova linguagem. ANT+ FE-C é o acrónimo de “ANT+ Fitness Equipment Control”. Até agora, os simuladores de várias marcas utilizavam uma linguagem própria para comunicarem. Logo, não se entendiam uns aos outros e não conseguiam comunicar. Ao implementar a nova linguagem – o perfil aberto ANT+ FE-C – nos simuladores, estes passaram a poder comunicar e a estarem interligados.

Bluetooth Smart
Também apelidado de Bluetooth 4.0 e Bluetooth de baixo consumo que permite a comunicação com smartphones, tablets e relógios desportivos. Com o Bluetooth Smart, os simuladores interativos são controlados por aplicações da Tacx e outras aplicações como a TrainerRoad e a Kinomap.

Após a criação do protocolo aberto ANT+ FE-C, iniciámos a criação de um protocolo aberto para o Bluetooth. Os smartphones e tablets só podem receber habitualmente o sinal Bluetooth, não o sinal ANT+. Ao enviarem a mesma linguagem que a do protocolo ANT+ FE-C por Bluetooth, os simuladores Smart podem comunicar igualmente com aplicações de terceiros que apenas possuem um recetor Bluetooth. Este protocolo foi criado pela Tacx e está ao dispor dos fabricantes de software para que toda a gente possa interligar um simulador Tacx Smart ao software que preferir.

Estabelecer ligação com vários dispositivos em simultâneo
Uma vez que o simulador utiliza os dois protocolos de comunicação, pode estabelecer ligação com diversos dispositivos ao mesmo tempo. Por exemplo, pode correr com um filme da Tacx no seu tablet e ler e guardar os seus dados de desempenho no Garmin Connect do seu computador na bicicleta. Desta forma pode controlar nas aplicações favoritas como está o seu desempenho.

Calcular e receber dados de desempenho
Todos os simuladores Tacx Smart calculam a velocidade, cadência e potência da sua pedalada e transmitem estes valores por ANT+ e Bluetooth Smart para os poder receber nos diversos dispositivos em simultâneo. Os simuladores interativos também podem receber estes sinais para ajustarem a resistência.

Para receber o seu ritmo cardíaco, precisa de um monitor do ritmo cardíaco que comunique por ANT+ ou Bluetooth 4.0. O monitor liga-se à aplicação que estiver a usar e esta envia esses dados ao simulador.

Firmware atualizável
A otimização dos produtos e a melhoria das funcionalidades dos simuladores é um trabalho contínuo na Tacx. É possível acrescentar melhorias do firmware, por exemplo para ter a sensação da pedalada ou uma função extra, ao simulador Smart que já detém ou usa com a aplicação Tacx Utility. Esta aplicação gratuita está disponível na App Store e no Google Play. Depois de instalar a aplicação, pode ver se existe uma atualização do firmware disponível e, em caso afirmativo, atualizar diretamente o seu simulador. Assim, pode sempre tirar partido da versão mais recente do firmware!

Treino independente
Os simuladores Tacx Smart também funcionam sem estarem ligados a um dispositivo, simulando uma estrada plana. Isto é ideal para treinos céleres e curtos, pois só tem de montar e começar a pedalar.

Assim que começa a pedalar, o simulador constata que não tem uma ligação estabelecida e calcula a resistência necessária para uma estrada plana. Ao fazê-lo, tem em conta todos os fatores relevantes, como a resistência ao rolamento e ao ar. Isto garante uma simulação bastante realista de uma estrada plana. A resistência muda progressivamente: quanto maior for a velocidade, maior será a resistência.

Treine de forma inteligente com um simulador básico

Um simulador básico Smart calcula os seus dados de desempenho e transmite-os por ANT+ e Bluetooth. Isto permite-lhe estabelecer uma ligação do simulador ao dispositivo pretendido e receber estes dados na aplicação ou software da sua preferência. A resistência do simulador é regulada num manípulo e pode atualizar o firmware gratuitamente através da aplicação Tacx Utility.

Também é possível transformar um simulador básico num simulador Smart! Se ligar um sensor de velocidade e cadência ao simulador, pode pedalar com base numa Potência Virtual, que é uma estimativa da potência da sua pedalada. Isto consegue-se com as aplicações Tacx, Zwift e TrainerRoad.

Potência virtual

Transforme um simulador básico num simulador Smart para treinar com as aplicações Tacx, Zwift e TrainerRoad. Tudo o que precisa é de um sensor de velocidade e cadência!

Vai pedalar com base numa Potência Virtual. O software calcula a potência da sua pedalada com base na velocidade e no nível de resistência estipulado no simulador. Cada simulador tem a sua própria curva de potência que depende da velocidade e da posição definida na unidade de resistência. Os vários pacotes informáticos incluem as curvas de potência de todos os simuladores Tacx básicos. É você que determina a posição de resistência que o simulador básico vai ter e a sua velocidade é transmitida pelo sensor associado. Com estes dados, o software calcula então a sua potência.

A Potência Virtual é uma indicação da potência que você debita e permite-lhe treinar com as aplicações da sua preferência, mas a precisão é menor comparada com a dos cálculos de um modelo com transmissão direta.

Controlo dinâmico da potência

Os simuladores interativos incluem uma função de controlo dinâmico da força de travagem, em que a resistência é calculada e ajustada continuamente. Ao calcular a resistência, são aplicadas todas as fórmulas físicas que um ciclista encontra na estrada para se obter uma simulação real. A resistência ao ar e ao rolamento, a pendente, o peso, a pressão do ar, a velocidade do vento, a temperatura, a altitude e a inércia são todos fatores tidos em consideração e calculados centenas de vezes por segundo para obter uma sensação realista.

Definir a cadência

Os simuladores interativos da Tacx calculam a sua cadência sem a ajuda de um sensor. O simulador sabe sempre qual é a sua velocidade e usa-a para determinar a sua pedalada. A velocidade é zero quando tem o pedal em cima e é máxima quando o pedal está a meio (em baixo). Assim, o simulador sabe quando completou uma volta completa e usa esta informação para determinar a sua cadência.

Uma vez que o cálculo é feito desta forma, não é preciso um sensor externo, mas tal também é possível se assim o desejar.

Conceito funcional do NEO

O inovador conceito funcional do NEO é a forma mais pura da tecnologia de transmissão direta. Três importantes elementos dão origem às características únicas do NEO.

Eficiência do fluxo de potência
Para otimizar a eficiência da potência do pedal para o motor, são eliminadas todas as transmissões físicas, como a corrente, rolo ou roda. Não há perdas de potência uma vez que não se registam perturbações nem imperfeições que interfiram com o fluxo de potência do ciclista. Isto resulta num sistema bastante eficiente que calcula o seu desempenho com uma precisão excecional de 1%, e isto sem precisar de ser calibrado.

Além disso, devido à ausência de transmissões, as rotações por minuto do motor são muito baixas, minimizando a ressonância e o ruído. Isto faz do NEO o simulador de treino indoor para bicicletas mais silencioso até à data.

Motor com design inovador
A capacidade do NEO deve-se a um eletromotor que contém 32 ímanes posicionados com precisão que fazem rodar cerca de 30 bobinas. Quanto mais alta for a corrente a passar pelas bobinas, maior será a força magnética e a potência de travagem. O motor consegue gerar uma potência máxima de 2500 Watts com um binário de 85Nm, o que permite grande resistência a baixa velocidade. Isto significa que até as subidas mais íngremes são simuladas com grande realismo.

Espírito inteligente
O inovador design do fluxo de potência e do motor é aperfeiçoado por um espírito bastante inteligente. A eletrónica, e em particular o respetivo firmware, cria o simulador. A posição de todas as peças rotativas é determinada e controlada mil vezes por segundo. A eletrónica tem a sensação nas pernas do corredor 100% sob controlo.

A combinação de um design inteligente com a eletrónica Smart cria um produto único, não existindo nenhum outro do género do NEO.

As funcionalidades existentes no NEO e que contribuem para a sensação realista da pedalada e facilidade de utilização são:
• Rolar em descida
• Roda de inércia virtual
• Tecnologia Plug in/Plug out
• Sensação de estrada


Sensação de estrada

O NEO é o único simulador capaz de proporcionar a sensação de estrada, o que lhe permite sentir os empedrados, caminhos lamacentos e outros tipos de vias. Você sente as vibrações da estrada como se estive ao ar livre. Cada estrada tem determinadas imperfeições que provocam vibrações na bicicleta. O NEO consegue simular essas vibrações e transferi-las para a bicicleta* ao controlar continuamente o motor. Por conseguinte, quando rola por empedrados no software, vai sentir isso nas pernas. O NEO pode simular diferentes pisos de estrada: empedrado pequeno, empedrado grande, gravilha, lama, placas de cimento, grades e asfalto.

Esta característica peculiar foi desenvolvida pela Tacx e só está disponível no NEO, o que o distingue ainda mais dos outros simuladores no mercado. A sensação de estrada dá toda uma nova dimensão ao ciclismo indoor e está disponível na aplicação Tacx Cycling (filmes**), software Tacx Trainer 4.0 (filmes e mundos virtuais) e na Zwift.

* As vibrações geradas pelo NEO não prejudicam a bicicleta
** A sensação de estrada só existe nalguns filmes. Confira a descrição na aplicação ou no website da Tacx para ver se o filme inclui sensação de estrada.

Tecnologia Plug in/Plug out

O simulador pode ser utilizado ligado à tomada ou desligado da mesma. Quando monta num simulador sem este estar ligado à tomada, ele funciona como um travão motorizado sem fios (como o Bushido). O motor permanente e a eletrónica estão preparados para gerar energia a partir dos seus movimentos, o que permite ao simulador comunicar com as aplicações e controlar a unidade de resistência. Inclui todas as funcionalidades Smart, mas terá de continuar a pedalar para manter a comunicação e o controlo do simulador.

Para desfrutar da experiência ciclista ideal, aconselhamos que o ligue à tomada. Sem essa ligação, o simulador não vai conseguir simular descidas e, quando deixa de pedalar, acabará por parar rapidamente. A sensação de estrada está sempre disponível.

Tecnologia dupla

A tecnologia dupla permite-lhe ligar um simulador ou sensor a vários dispositivos em simultâneo. Como tal, vai poder treinar com o seu software preferido enquanto recebe os dados no computador da bicicleta ou no seu relógio desportivo. Por exemplo, treina com base na potência com a aplicação Tacx Trainer no seu smartphone e recebe a mesma potência no seu relógio desportivo Garmin.

Os simuladores e sensores Tacx Smart comunicam por ANT+ e Bluetooth Smart®. A maioria dos smartphones e tablets só conseguem receber um sinal Bluetooth, ao passo que a maior parte dos relógios desportivos e computadores de bicicleta estão equipados com ANT+. Pode ligar um dispositivo por Bluetooth e vários por ANT+. Dado que os sensores Tacx emitem o mesmo sinal pelos dois canais, pode ligar qualquer dispositivo que seja da sua preferência. Isto permite-lhe monitorizar o seu rendimento pela ligação em nuvem à sua escolha. Por exemplo, treina com base no ritmo cardíaco com a aplicação Tacx Training no smartphone e recebe também informação do seu ritmo cardíaco na aplicação Garmin Connect no seu relógio desportivo.

Atenção: se usar um tablet com a versão Bluetooth anterior à Bluetooth 4.0, pode usar um recetor especialmente desenvolvido para colmatar essa situação. Um iPad requere o dongle Wahoo ANT+ e um tablet com entrada micro USB requere o dongle Tacx ANT micro USB.

Bidão biodegradável

Os plásticos biodegradáveis são uma exigência dos nossos dias em virtude da crescente pressão a que o ambiente está sujeito. A Tacx aceitou o desafio de desenvolver um bidão de água biodegradável e ecológico.

O Bio-bottle tem as mesmas características dos bidões normais da Tacx, mas com uma diferença quanto ao plástico utilizado: plástico biodegradável. Ao acrescentar uma pequena quantidade de biomaterial, a estrutura molecular é alterada, fazendo com que o material se decomponha em Biogás e Biomassa. Este material vai adubar o solo e é inteiramente assimilado pela natureza.

When you want to purchase one of our products, you will be automatically redirected to Garmin.com. Here you’ll find the same products for the same price and the same level of service. Of course, you can still visit our site for the latest product and company info. Ignorar